Curso online

introdução alimentar

E-book

VOCÊ TEM MEDO DO ENGASGO?

  • Milena Nardocci

Seu filho não come?



Seu filho ou filha não come? Aqui vão meus 5 conselhos para te ajudar nessa jornada.


CONSELHO 1:

Não reaja às expressões da criança.


A criança sentou à mesa e fez cara feia? Não brigue com ela naquele momento. A última coisa que você quer é criar um clima de guerra na hora da refeição. Apenas ignore. Em outra oportunidade, você pode conversar com a criança sobre o que ela fez.


CONSELHO 2:

Não force a criança a comer, apenas ofereça.


Seguindo o mesmo princípio do primeiro conselho, evite relações conflituosas com a comida. Não force a criança a raspar o prato, não faça chantagem com a comida, e não deixe ela de “castigo” sentada à mesa. Você pode, por exemplo, estipular um tempo de refeição com ela, como de 30 minutos. Passado esse tempo, ela pode sair da mesa.


CONSELHO 3:

Não dê outras opções além daquelas que já têm.


Se a criança recusar o que tem pra comer, não fique oferecendo outras coisas além do que já está na mesa, ainda mais se for alimentos ultraprocessados.

“Você quer que eu faça um nuggets?” ou “Quer um miojo?”

Quando você faz isso, você está induzindo a criança a pensar que quando ela não quiser comer, vai ter sempre uma alternativa “melhor”.


Também, não deixe a criança comer guloseimas depois do jantar se ela não comer a comida. Se ela ficar com fome depois, tente oferecer a comida novamente.


CONSELHO 4:

Varie e envolva a criança nas preparações culinárias.


Tente despertar a curiosidade da criança pelos alimentos. Varie as preparações, convide a criança para ajudar na cozinha e fale para ela o que ela está comendo.


CONSELHO 5:

Essa última é a mais difícil: não se preocupe mais do que você deveria.


Eu sei, dá aquela ansiedade em ver que a criança não está comendo. Porém, se ela não apresenta nenhum problema de crescimento ou ganho de peso, não se preocupe demais.

A criança pode não estar comendo por mil motivos. Ela pode estar numa fase menos intensa do crescimento ou estar simplesmente indisposta naquele dia.

Curso online

introdução alimentar

© Petit à Petit 2017 by Milena Nardocci

São Paulo - SP