Curso online

introdução alimentar

E-book

VOCÊ TEM MEDO DO ENGASGO?

  • Milena

Por que evitar glutamato monossódico?



O que é glutamato monossódico?

É um aditivo alimentar bastante usado em alimentos ultraprocessados como um realçador de sabor.


Por que evitar?

O glutamato funciona como um neurotransmissor no cérebro que estimula as células nervosas a transmitir seu sinal. Alguns estudos afirmaram que o glutamato monossódico leva ao excesso de glutamato no cérebro e à estimulação excessiva das células nervosas.

Porém, a verdade é que ainda não se tem evidências suficientes que comprovem seus malefícios nem sua segurança, especialmente na alimentação de bebês e crianças.


Assim como a grande maioria dos aditivos alimentares, é preciso ter cautela ao consumi-lo.


O que se sabe é que o consumo do glutamato monossódico pode causar reações alérgicas com sintomas como dor de cabeça, náusea e dores no peito. No Brasil, não existe nenhuma regulação quanto ao uso e quantidade que pode ser usado nos alimentos ultraprocessados!

Na dúvida, melhor evitar!


Quais alimentos contêm glutamato monossódico?

A maioria dos alimentos ultraprocessados contêm glutamato monossódico na sua composição. Alguns exemplos: temperos industrializados, salgadinho, sopa enlatada, refeições congeladas, biscoito, macarrão instantâneo, alguns molhos de tomate.


Como saber se um alimento contém glutamato monossódico?

No rótulo dos alimentos ultraprocessados, ele pode aparecer listado como “glutamato monossódico”, mas também como: proteína vegetal hidrolisada, proteína de soja hidrolisada, molho de soja, extrato de levedura autolisado, sabores naturais, etc…


Como evitá-lo?

A melhor forma de evitar o consumo de glutamato monossódico é limitando o consumo de alimentos ultraprocessados. Procure basear sua alimentação e da sua família em alimentos naturais, comida de verdade!

Curso online

introdução alimentar

© Petit à Petit 2017 by Milena Nardocci

São Paulo - SP